Mato Grosso, Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
NADADORA

Nadadora de Sinop deve ir para o Clube Pinheiros

Marcia Jordan

16/01/2015 às 09:21

Nadadora de Sinop deve ir para o Clube Pinheiros

A nadadora de Mato Grosso, Cibelly Martins, de 11 anos, faz testes no Esporte Clube Pinheiros de São Paulo e pode ser contratada para integrar a equipe paulista. A atleta de Sinop (500 km de Cuiabá) possui as melhores marcas nacionais na sua categoria em três provas: 50m livre, 50m borboleta e 50m peito. A questão de onde ela irá morar e o lado emocional têm pesado na decisão. 

O pai, Robinson Martins, que acompanhou a atleta para conhecer as instalações do clube, em Guaratinguetá, interior de São Paulo, falou das dificuldades em ficar longe da filha. 

– Estou analisando com ela como é a estrutura e as demais coisas. Vamos ver, se tudo me agradar ela vai sim. Vai ser muito complicado para mim como pai, mas tenho que passar por cima disso, porque tenho que apoiá-la no sonho dela – declarou o pai. 

A atleta já treinou na nova possível casa nesta quarta-feira. Ainda falta acertar alguns detalhes para o fechamento do contrato. Cibelly ainda está entre os cinco melhores tempos em muitas outras provas: 50m costas, 100m livre e 100m medley.

Geração de Mato Grosso 

No início do ano passado outro nadador de Mato Grosso, Rafael Mognon de Lima, foi contratado pelo Corinthians. Em 2014, ele apareceu entre os dez melhores tempos do Brasil em duas provas, 200m medley e 100m borboleta, na categoria juvenil. Ainda fazem parte do Corinthians, os nadadores Arthur Rondon, Luan Vieiro e Iago Moussalem. Outro atleta de Mato Grosso em uma das maiores equipes do Brasil, é Nathan Bighetti, que está no Minas Tênis Clube. 

Isso confirma a fama do estado em revelar talentos para a natação do Brasil. Felipe Lima, maior estrela da natação mato-grossense, conquistou em 2014 a medalha de bronze no mundial de natação, em Barcelona. Enquanto Pepeu Pereira representa o Sesi-MT em diversas competições no Brasil e no mundo. 

Fonte G1/MT