Mato Grosso, Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ACUSADO

Acusado de assassinato é linchado por populares em Apiacás

Marcia Jordan

02/06/2014 às 11:09

Acusado de assassinato é linchado por populares em Apiacás

Antônio Alves Paixão de 46 anos, conhecido popularmente como “Taboca” foi morto por volta das 21 horas do último sábado (31). O crime aconteceu na comunidade Vila Mutum, cerca de 35 quilômetros de Apiacás. Antônio foi morto com um tiro de espingarda. O homicídio resultou no assassinato de Manoel Messias da Silva Almeida de 34 anos, suspeito de ter matado “Taboca”.

Manoel Messias, conhecido como Luna, foi morto com pedradas e um corte na garganta. Moradores do local foram os responsáveis pela morte do homicida.

A Polícia Militar foi acionada, mas quando chegou ao local do duplo homicídio, encontrou apenas as vítimas. A PM informou que as informações obtidas eram de que Antônio seria uma boa pessoa, mas Manoel não era conhecido pelos moradores. A Polícia Civil está investigando o crime.

Em 2001 um caso semelhante aconteceu nesta localidade, quando cinco seguranças de uma colonizadora em Apiacás, foram mortos a pedradas e pauladas e tiveram partes dos corpos arrancados inclusive à cabeça por um grupo de cerca de 300 garimpeiros. Uma das vítimas era sargento aposentado da Polícia Militar.

Os seguranças foram abordados pelo grupo quando o deixavam a sede de uma fazenda que está sendo alvo de uma briga judicial desde 1999, quando foi invadida.