Mato Grosso, Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ESQUEMA

Esquema de Segurança para as eleições é apresentado em Sinop

Marcia Jordan

20/09/2014 às 09:05

Esquema de Segurança para as eleições é apresentado em Sinop

O esquema de segurança montado para as eleições 2014 na regional de Sinop foi apresentado nesta sexta-feira (19), em coletiva à imprensa, pelo secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, e representantes da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Corpo de Bombeiros da região.

A Polícia Militar irá trabalhar com um efetivo de 122 militares que estarão empregados no policiamento fixo e móvel nas 51 zonas eleitorais de Sinop. Segundo o comandante da Regional da Polícia Militar de Sinop (CR 3), coronel PM Celso Henrique Barboza, os locais de votação com mais de quatro mil eleitores contarão com policiais de forma permanente.

A região de Sinop conta com 124.219 mil eleitores. Para garantir a segurança do pleito na regional, a Polícia Militar terá um reforço de 27 militares oriundos de Cuiabá, sendo 22 praças e cinco oficiais.

Para organizar todo o planejamento, a PM utilizou da plataforma de web google Earth, que facilitou a visualização dos locais de votação e do efetivo empregado em cada local.

As delegacias regionais de Sinop e Peixoto de Azevedo, que englobam 21 municípios, terão um efetivo empregado nas eleições de 21 delegados, 26 escrivães e 76 investigadores. “Nossa escala já está preparada e todos já foram comunicados. Queremos que tudo ocorra da forma mais tranquila possível”, destacou a delegada regional da Polícia Civil, Maria Antônia Soares.

O Corpo de Bombeiros atuará na prevenção e primeiros socorros nas zonas eleitorais dos municípios da regional. “A Segurança Pública está empenhada para atender todos as cidades do Estado. Já foram suspensas férias, licenças, para que consigamos reunir nossos esforços na garantia de uma eleição segura e tranquila”, destacou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

A segurança das eleições são coordenadas pela Polícia Federal com apoio da Secretaria de Segurança Pública. Nos municípios em que a Polícia Federal não está presente, assume as atribuições da PF a Polícia Judiciária Civil.

A segurança dos locais de votação em áreas indígenas são de responsabilidade do Ministério da Defesa, por meio do Exército Brasileiro. Mato Grosso conta com 34 áreas indígenas.

Para esta eleição, a Segurança Pública irá utilizar do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR). O local contará com a presença das forças de segurança e equipes do Tribunal Regional Eleitoral que vão acompanhar, em tempo real, as informações que serão repassadas no dia das eleições pelos profissionais que estarão nas ruas e nos locais de votação