Mato Grosso, Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
ROTA

Rota do Oeste começa a prestar serviços na BR 163

Marcia Jordan

20/09/2014 às 08:27

Rota do Oeste começa a prestar serviços na BR 163

A partir de hoje, 20 de setembro, quem trafegar pela BR-163 em Mato Grosso, entre os municípios de Itiquira e Sinop, contará com os serviços operacionais da concessionária Rota do Oeste. Serão 850 quilômetros (inclusive nos trechos a serem duplicados pelo DNIT) assistidos por uma equipe de aproximadamente 500 pessoas e mais 73 veículos especiais, entre eles 13 ambulâncias de resgate, cinco ambulâncias UTI, 26 guinchos, sendo 18 para veículos leves e oito para pesados, além de 19 viaturas que irão percorrer todo o trecho 24 horas por dia para fazer a inspeção do tráfego.

Todas as operações serão controladas pelo Centro de Controle de Operações (CCO), localizado em Cuiabá, responsável por atender as solicitações e enviar o recurso necessário para atender a demanda. O contato com o CCO pode ser feito pelo telefone 0800 065 0163 ou por meio das 18 bases do Sistema de Atendimento ao Usuário (SAU) instaladas às margens da rodovia a cada 47 quilômetros. Em março de 2015, todas as bases estarão equipadas com um terminal eletrônico de atendimento, que colocará o usuário em contato direto com o CCO. Outra alternativa é comunicar os inspetores de tráfego que, a cada 90 minutos, passam pelo mesmo ponto da rodovia para supervisionar todo o trecho.

O diretor-geral da Rota do Oeste, Paulo Meira Lins, afirma que a partir deste sábado Mato Grosso passa a receber um novo tipo de tratamento e atendimento para quem trafega pela BR-163 e que nos próximos 30 anos esta será a realidade na região. “Vamos iniciar os serviços operacionais e com isso dar maior fluidez ao tráfego da rodovia e garantir aos usuários os socorros mecânico e pré-hospitalar. Além disso, vamos estar à disposição por meio do CCO e da Ouvidoria para receber sugestões, reclamações e elogios que ajudem na qualidade dos serviços oferecidos”.

Parceira da concessionária, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) também terá contato direto com o CCO e, sempre que for acionada, por meio do 191 para alguma ocorrência, poderá comunicar a Rota do Oeste. O superintendente da Polícia, Arthur Nogueira, explica que o trabalho será realizado em conjunto e, assim que a rodovia estiver 100% monitorada por câmeras, haverá um representante da Polícia Rodoviária Federal dentro do CCO. “A união da PRF com a Rota do Oeste vai permitir que os trabalhos sejam realizados de forma rápida e mais eficiente. Reduzindo o tempo de resposta às vítimas e dando agilidade na liberação de pista”.

Os serviços estarão disponíveis todos os dias da semana, 24 horas por dia e não têm nenhum custo adicional ao usuário. A Rota do Oeste é responsável pela operação ao longo de 850 quilômetros da BR-163 em Mato Grosso pelos próximos 30 anos, período de vigência do contrato de concessão da rodovia. A concessionária, controlada pela Odebrecht TransPort, também irá realizar a duplicação de 450 quilômetros do trecho, além dos trabalhos de manutenção, conservação e recuperação. As obras nos demais 400 quilômetros estão sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) e deverão ser entregues à Rota após a conclusão da duplicação.

Fonte Assessoria