Mato Grosso, Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PM

PM expulsa soldado que escoltava bandidos

Marcia Jordan

17/09/2014 às 16:24

PM expulsa soldado que escoltava bandidos

Um soldado da Polícia Militar, acusado de dar cobertura à uma quadrilha que cometia crimes na modalidade ‘saidinha de banco’ foi expulso da corporação. A decisão, assinada pelo comandante-geral, coronel Nerci Adriano Denardi, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), que circula nesta quarta-feira (17).

Conforme o despacho, Weleson Jorge Moura Viana apoiava o bando criminoso, conforme 3 boletins de ocorrência registrados, transportando os comparsas após os assaltos, que ocorriam geralmente na região central de Cuiabá.

No dia 29 de abril de 2011, após trabalho de investigação e monitoramento deflagrado pelo Serviço de Inteligência do 1º Batalhão, Moura foi preso, em um veículo, em companhia de Vinícius de Almeida Campos, 22. Campos foi reconhecido pelas vítimas que registraram as ocorrências, conforme a portaria assinada por Denardi.

Quando foi preso, o agora ex-soldado portava um revólver calibre 38, com 5 munições intactas e numeração raspada. Questionado, confirmou à guarnição responsável por sua prisão ser o dono da arma. As investigações apontam para a existência de pelo menos mais 4 criminosos como participantes do bando, mas até hoje eles não foram identificados e presos.

Após processo administrativo, ele chegou a ser excluído da PM, mas recorreu da decisão. O recurso foi negado, uma vez que a comissão entendeu ser ele culpado pelos crimes cometidos.

Na esfera criminal, Moura e Campos ainda respondem pelo crime. O processo tramita na 3ª Vara Criminal de Cuiabá

Fonte Gazeta Digital

 

Fonte