Mato Grosso, Domingo, 15 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
MORADORES

Moradores denunciam suposta fraude na distribuição de moradias populares em Sorriso

Marcia Jordan

05/09/2014 às 10:08

Moradores denunciam suposta fraude na distribuição de moradias populares em Sorriso

 A Promotoria de Justiça de Sorriso investiga uma suposta fraude na escolha dos moradores contemplados com casas do programa Minha Casa, Minha Vida, da Caixa Econômica Federal.

Conforme as denúncias recebidas pelo promotor Carlos Zarour, várias pessoas contempladas não atenderiam os critérios econômicos e sociais exigidos, como renda de até R$ 1.600 e outras condições especiais exigidas pelo programa. 

O ex-coordenador Departamento de Habitação da Prefeitura de Sorriso foi convocado para prestar esclarecimentos. Caso constate possíveis desvios no processo de seleção dos beneficiados, Zarour deverá instaurar um processo investigativo.

Critérios

Existem alguns requisitos para fazer parte do Programa Minha Casa Minha Vida. A família deve ter uma renda de até três salários mínimos, não pode ter sido beneficiada em algum outro programa de habitação social do governo e pode não ter nenhuma casa própria em seu nome ou financiamento de imóvel.

Segundo a Caixa, os candidatos inscritos no programa Minha Casa Minha Vida passam por uma seleção e quando selecionados os interessados devem comparecer a uma agência da instituição, na prefeitura ou outro órgão que participa do programa para a assinatura do contrato e financiamento