Mauro Mende garante que será candidato a Governador, Jaime deve ir ao Senado

Depois de muitas especulações dentro do Partido dos Democratas agora saiu a decisão final para as eleições de 2018, Mauro Mendes ex-prefeito de Cuiabá, garantiu em reunião do partido realizada na noite desta segunda-feira (11), que será candidato ao Governo do Estado e anunciou que se desligou de suas empresas para se dedicar a pré-campanha eleitoral.

Mauro Mendes tem como seus principais adversários rumo ao Paiaguás o Governador Pedro Taques (PSDB) e o Senador Welington Fagundos (PR).

O Ex-prefeito de Cuiabá se disse disposto a somar com o partido e disse que essa decisão não seria possível sozinho. “Eu estou disposto a construir isso junto com partido. Não depende só de mim. A decisão de uma candidatura não é algo que se faz sozinho, não é algo que se faz só com o seu próprio partido”, afirmou Mauro Mendes.

O Partido dos Democratas realizou encomendou uma pesquisa para o Instituto Fox Populi, que foi entregue a lideranças do partido nesta semana, a pesquisa mostrou que Mauro Mendes é o nome mais forte do DEM para disputa ao Governo se destacando nas pesquisas. O Deputado Federal Fabio Garcia, presidente do Partido em Mato Grosso, avaliou  positiva a decisão, o caminho segundo o deputado é construir a viabilidade eleitoral, política partidária e estrutura necessária para uma candidatura desta envergadura e agora o caminho é buscar outros partidos para somar com esse projeto de Mauro Mendes a Governo.

Jayme Campos será o candidato do partido para o Senado, sendo assim para uma composição o DEM oferece a seus aliados uma vaga para o Senado e a vice-governadoria na chapa majoritária.

Otaviano Pivetta (PDT) ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, pode refazer a chapa de 2010 com Mauro e ser o nome indicado para vice-governador. O PSD pode compor a chapa indicando o nome do ex-vice-governador Carlos Fávaro ao Senado.

Da redação Rudy Roger

Comentários